Chat with us, powered by LiveChat

Conheça 6 fatores que promovem a inovação tecnológica no setor imobiliário

Quando se fala em inovação a primeira coisa que pensamos é em empresas gigantes e multibilionárias. Nomes como “Google”, “Uber” e “Microsoft” vêm imediatamente à nossa cabeça. Mas você sabia que sua gestora de imóveis pode também se tornar um celeiro de inovações e disrupções?

A seguir, você vai entender as principais vantagens que a inovação tecnológica pode trazer para a sua empresa. Depois disso, vamos mostrar o caminho das pedras para que você seja capaz de transformar sua companhia em uma referência em inovação no mercado imobiliário. Vamos lá?

Quais são as principais vantagens da inovação tecnológica?

Mais produtividade

Um dos principais motivos da inovação ter ganho tamanho destaque é o fato de garantir fazer mais com o mesmo pessoal. Esse resultado é alcançado por executar processos de maneira diferente e utilizar tecnologias mais recentes.

A automação garante que atividades rotineiras sejam feitas por computadores. Assim, os recursos humanos têm mais tempo para pensar de maneira criativa. Esse ambiente com menos tensão e mais criatividade é uma terra fértil para o surgimento de inovações.

Mais controle dos resultados

Já ouviu aquela máxima de que “você não pode controlar o que não pode medir?” Quando falamos de inovações tecnológicas, o BI (Businness Intelligence) é capaz de medir seu negócio em detalhes. Com isso, é possível saber exatamente onde se está a todo momento.

A grande vantagem de utilizar esse recurso é a possibilidade de controlar, de fato, o que vai acontecer. Uma análise histórica de fatos é capaz de dar uma margem de acerto excelente em expectativas de resultado futuro. Com isso, sua empresa tem sempre o controle das situações. Não é ótimo?

Mais segurança

O uso de tecnologias inovadoras é capaz de trazer a segurança que seu time precisa para inovar. Em um ambiente automatizado existe a certeza de que processos serão sempre executados da mesma maneira, sem erros humanos. Essa segurança dá margem para fazer diferente no dia a dia.

Conforme a gestora imobiliária adota inovações tecnológicas, ela passa a contar com processos únicos que a diferenciam no mercado. Com o tempo ganha-se segurança na adoção de outras inovações e isso cria um ciclo de melhoria contínua. Nele, a empresa se torna cada dia mais inovadora.

Mais vantagem competitiva

Com todas essas características que acabamos de ver, a imobiliária é capaz de reduzir continuamente seu custo. A adoção de inovações tecnológicas faz com que seja possível fazer mais com menos. Seu time passa a ter mais tempo para atender com atenção cada cliente.

Isso com certeza garante um fator de diferenciação no mercado. Clientes mais satisfeitos vão indicar a empresa para seus conhecidos. Aqueles que têm contrato com você terão uma inclinação grande a renovar os contratos no futuro. Com isso, não apenas a empresa chega a novos clientes, como fideliza os atuais!

Você pode estar pensando: “tudo isso é muito bom, mas qual o caminho para chegar até lá?”. A seguir iremos te indicar um caminho interessante e fácil para implantar a cultura de inovação em sua empresa. Continue a leitura!

Quais fatores promovem a inovação tecnológica no setor imobiliário?

1. Otimizar os processos existentes

Tim Ferris é um bilionário conhecido por sua capacidade de automatização de processos. Em seu best-seller, uma das lições mais valiosas é que automatizar um processo otimizado alavanca resultados. Ao mesmo tempo, fazer isso com um que ainda não esteja automatizado multiplica problemas.

Não é difícil entender o motivo de a primeira coisa a se fazer ser olhar com carinho para seus processos atuais. A partir daí, descobrir o que de fato gera valor e negócios para a empresa e separar dos processos que são mera burocracia.

Uma vez identificados, os processos importantes devem ser otimizados. Uma dica para fazer isso é eliminar passos e tarefas desnecessárias. Um exemplo seria limpar aquele formulário de cadastro de clientes com 50 campos, substituindo-o por um com apenas as informações relevantes.

Já os processos meramente burocráticos devem ser eliminados ao máximo. Afinal, se uma rotina de trabalho interno não gera valor, não há sentido para gastar tempo e recursos com ela, concorda? Por isso, aqui vale a máxima do “menos é mais”.

2. Automatizar os processos otimizados

Uma vez otimizados seus processos, é hora de começar a automatização. Já existem no mercado inúmeras inovações tecnológicas capazes de ajudar a fazer isso. Um belo exemplo são os RPAs, softwares que podem ser treinados pelos seus próprios funcionários.

É importante deixar a equipe segura de que a automatização não vai tirar seus empregos. Pelo contrário, ela vai trazer novas oportunidades para eles e para a empresa! Com o tempo liberado pela automação, poderão pensar de maneira inovadora para novas soluções.

3. Capacitar os recursos humanos

Aprender novas coisas faz com que a mente se expanda e a pessoa passe a enxergar novos caminhos. Por isso é importante, sempre que possível, incentivar seu pessoal a estudar e treinar. 

Dentro dessa cultura de valorização dos profissionais, é importante investir em alguns treinamentos. Muitos deles podem ser feitos online ou ministrados na sua empresa por um especialista. Além disso, agora que seus colaboradores têm mais tempo, eles mesmos podem se treinar.

Imagine colocar o seu consultor imobiliário sênior para treinar sua equipe de consultores menos experientes? É uma via de duas mãos em que tanto a empresa quanto a equipe ganham. 

Uma vez que seus funcionários passam a adquirir novos conhecimentos, passarão a enxergar novas possibilidades. Esse é o ponto de ignição das inovações!

4. Criar um ambiente propício à inovação

Após seguir os passos anteriores, teremos uma empresa em que os funcionários estão prontos para inovar. É essencial que a empresa incentive suas inovações.

Adotar uma forma de trabalho mais flexível e focada em criatividade é um propulsor de inovações. Um ótimo caminho é incentivar seus funcionários a darem sugestões sobre como suas tarefas poderiam ser mais produtivas e uma ferramenta eficiente para isso é premiar sugestões valiosas.

5. Assumir uma cultura de riscos e experimentação

Agora que seu ambiente é propício, ideias surgem a todo momento. Algumas delas envolvem riscos e podem trazer grandes resultados para a companhia. Por isso é essencial começar a adotar uma mentalidade de administração de riscos.

Uma vez que se sabe administrar os riscos, as inovações podem ser testadas. Uma dica seria testar inovações em casos pontuais para verificar se elas realmente geram valor. Após comprovar que geram, espalhar para toda a empresa. Com isso se mitiga o risco sem perder a chance de inovar!

6. Permitir que as inovações tecnológicas sejam desenvolvidas fora da empresa

Até agora você pode ver em mais detalhes os benefícios da adoção de inovações. Por aumentar a produtividade, ela é capaz de liberar tempo na agenda de seus colaboradores. A partir daí, basta orquestrar e fornecer as ferramentas para que as inovações aconteçam naturalmente, no dia a dia.

Outro ponto importante é adotar inovações tecnológicas que já existem no mercado. A terceirização de alguns serviços é um ótimo caminho para isso. Assim, sua empresa pode se beneficiar de inovações antes mesmo de ter o ambiente totalmente montado para que elas surjam internamente!

Gostou deste conteúdo sobre inovação tecnológica? Compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos possam também ter acesso ao conhecimento. Juntos podemos tornar o mundo cada vez mais inovador e eficiente!

GOSTOU DESTE ARTIGO?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO

Login

Join The Club!

mantenha-se informado sobre tudo que acontece

let's save the world together

%d blogueiros gostam disto: