Saiba o que é o business intelligence e como ele pode automatizar os processos!

A tomada de decisão é uma tarefa importante para qualquer gestor em qualquer tipo de negócio. Antes do avanço tecnológico, ela era feita com base em conselhos e intuição, contudo, hoje em dia, o mais seguro é dar cada passo amparado por dados.

Dentro desse prisma, chegamos ao conceito de Business Intelligence (BI), que define um conjunto de processos que resultam em uma gestão mais organizada e eficaz, além da redução de custos.

Acompanhe os próximos tópicos para aprofundar seus conhecimentos sobre esse termo e sua importância.

O que é Business Intelligence?

O termo foi criado nos anos 80 pelo Gartner Group, uma empresa de consultoria focada em tecnologia, e definido como uma série de atividades que incluem coleta, análise e organização de dados e geração de relatórios/gráficos para facilitar a gestão.

Em outras palavras: é o tratamento de dados estruturados para extração de informações e insights que suportem a decisão dos gestores. Com o devido tratamento, é possível criar uma visão ampla dos negócios para os líderes. Assim, eles podem decidir melhor se baseando no que tem funcionado e no que não tem.

Antigamente, a tomada de decisão era baseada na intuição dos gestores, e isso funcionava muito bem para o contexto. No entanto, com o boom tecnológico e o aumento da competitividade no mercado e autonomia do cliente, as escolhas precisam ser cada vez mais acertadas, pois as empresas não podem correr riscos. É preciso sempre atingir o alvo em cheio, senão o futuro da companhia pode estar comprometido.

Na batalha pelo sucesso empresarial, os acertos são como degraus adicionados para permitir que as empresas subam mais alto e os erros são como se eles fossem removidos abruptamente. Por isso, errar nas escolhas é sempre um problema.

Aplicação prática

Vamos tomar como exemplo uma ação de marketing com o intuito de promover uma marca. Uma boa estratégia, aliada com ações de BI, será segmentada e poderá atingir o público especificamente, se baseando em dados de outras tentativas passadas e nas métricas anteriores. Ou seja, a decisão dos pormenores da metodologia adotada tomará como referência informações de escolhas precedentes.

O BI também permite uma integração maior entre os diversos setores da empresa, conectando funcionários com diferentes responsabilidades. Ainda no exemplo acima, o marketing seria integrado com o setor de vendas para colher insights preciosos e conseguir uma eficácia ainda maior.

Qual a relação entre Business Intelligence e automação de processos?

Esses dois conceitos estão fortemente relacionados, afinal, a análise e organização dos dados é feita exclusivamente pela ferramenta de BI, de forma automatizada. Por isso, é possível relacionar também com o conceito de inteligência artificial, no sentido em que muitos softwares de Business Intelligence utilizam modelos inteligentes e autônomos.

A seguir, veremos como o BI está conectado à ideia de automação de processos.

Agilidade na comunicação

Com a centralização e integração de informações, o fluxo de dados dentro da empresa é muito mais organizado. Basicamente, tudo passa por um único caminho: a ferramenta responsável pela função de BI.

Por isso, a comunicação entre os setores internos fica mais ágil, afetando positivamente a produtividade e a garantia de qualidade nos serviços. O conhecimento pode ser passado para todos os funcionários em tempo real, o que ajuda bastante no dia a dia.

Estimulação da responsabilidade dos funcionários

O Business Intelligence fortalece a automação de processos manuais e repetitivos, o que significa que os funcionários ficam livres para tarefas mais estratégicas e importantes. Isso estimula a responsabilidade deles, pois faz com que compreendam que realmente estão contribuindo ativamente para o sucesso da empresa.

Isso, obviamente, é resultado de um engajamento dos colaboradores também. Com a agilidade dos processos e a otimização do dia a dia da companhia, os membros das equipes internas tendem a ficar mais satisfeitos e mais empolgados com o trabalho. Dessa forma, ficam também dispostos a contribuir com o crescimento.

Minimização de custos e erros

Tudo isso resulta em menos erros nas atividades operacionais, afinal, a automação incorre em maior precisão no gerenciamento dos dados e documentos importantes. Sabemos que esses arquivos sempre estão sujeitos a erros humanos, mas essa variável não existe quando um sistema artificial executa as tarefas.

Outro grande benefício é a redução dos custos. Com o aumento da produtividade, maior engajamento de funcionários e minimização de erros, a empresa terá menos problemas com gastos excessivos, o que resulta também em crescimento do lucro efetivo.

Previsão de tendências futuras

A organização dos dados e geração de insights ajuda os gestores a automatizarem a função de previsão de tendências futuras. Isso é um trabalho que as empresas têm que fazer para tomarem certas decisões, como escolher em que setor investir mais dinheiro.

Com ferramentas de BI e análises preditivas, esse processo fica mais seguro, pois é baseado em observações acertadas e fundamentadas em métodos estatísticos, ou seja, com o objetivo de maximizar a probabilidade de sucesso.

Como isso ajuda a empresa a crescer?

Uma consequência direta desses benefícios é o aumento da solidez dos negócios. As empresas crescem de uma forma mais segura quando amparadas em estratégias precisas e em uma gestão mais eficiente.

Com menos erros cometidos, a vantagem competitiva é mantida em um nível alto, e é possível planejar ações e prever seus resultados para sair na frente na corrida do mercado.

Mais conhecimento para os gestores ajuda a sair de momentos de crise também. Uma visão ampla das estratégias que deram certo em outros ramos e em outras empresas, aliada com um raio X dos resultados da própria companhia, ajudam na recuperação de momentos difíceis e na retomada do crescimento.

Como vimos neste artigo, o BI ajuda na gestão das empresas com análise, coleta e organização de dados para geração de direcionamento para a tomada de decisão. Ou seja, fornece as lentes para que as companhias enxerguem devidamente o terreno que estão explorando e quais passos devem tomar.

Por esses motivos, o termo Business Intelligence está cada vez mais em alta. Compartilhe já este artigo nas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem o poder e a importância desse conceito!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: