Entenda como fazer uma análise de risco do locatário

Fazer uma boa análise de risco do locatário é essencial para que uma imobiliária consiga melhorar o processo de locação e reduzir prejuízos para o locador. E se uma empresa pensa em seus clientes e quer sempre a melhor experiência para eles, não deve negligenciar essa obrigação.

Que tal conhecer algumas dicas sobre como fazer uma boa análise do perfil dos potenciais inquilinos? Siga neste artigo e descubra quais são!

Qual a importância da análise de risco do locatário?

Uma empresa administradora de imóveis tem como um de seus objetivos a comunicação entre locadores e locatários. A companhia funciona como um intérprete, viabilizando o diálogo entre ambas as partes com todo o aparato jurídico necessário para que isso aconteça.

Por isso, é importante que a empresa ajude o locador na verificação do perfil de quem faz propostas de locação dos imóveis. Assim, evitando a inadimplência ou relações não cordiais e respeitosas que poderão se tornar problemas maiores no futuro.

Caso algum problema ocorra com o inquilino que alugou uma determinada propriedade, o locador acaba tendo uma experiência ruim, prejudicial para os negócios. E se o locador é prejudicado, consequentemente a é imobiliária também, pois corre o risco de perder esse cliente.

Sem contar, a possibilidade de problemas caírem nas mãos da própria administradora de imóveis, o que pode se tornar um gargalo produtivo para a equipe interna ou virar sinônimo de perda de dinheiro.

Como avaliar esse risco?

Definição de critérios e regras

Primeiro, defina bem quais os critérios a serem analisados e quais passos deverão ser seguidos. É interessante definir bem a hierarquia dos fatores, levando em consideração o que é crucial como requisito para aprovação e o que é menos importante.

Critérios para fortalecer a segurança do locador, como garantia de locação, são bons exemplos, já que tornam ainda mais improváveis as possibilidades de inadimplência.

Investigação da confiabilidade

Na análise do perfil deve constar uma série de informações pessoais que te ajudarão a compreender a possibilidade de o locatário representar um risco ou não. Não deixe de investigar dados como regularidade do CPF do cliente, RG, histórico em organizações de proteção ao crédito, análise de renda, entre outros.

Assim, você conhecerá os hábitos financeiros deste potencial cliente, checando se ele realmente tem capacidade de honrar suas obrigações. Nessa fase, é fundamental também investigar informações de outros imóveis ocupados anteriormente e contatar os empregadores dele.

Tudo isso é crucial para a construção do perfil e para a análise da proposta. Dessa maneira, a decisão de concessão será baseada em uma inspeção detalhada, e não em intuição.

Use a tecnologia a seu favor

Com as ferramentas tecnológicas atuais, esse processo todo fica ainda mais fácil. Portanto, não hesite em contar com métodos e técnicas modernas para automatizar a verificação e conseguir ainda mais agilidade e organização na coleta e processamento do histórico dos clientes.

Nesse sentido, se destacam os sistemas CRM (gestão do relacionamento com o cliente), que oferecem a capacidade de análise de dados com ferramentas computacionais robustas que processam dados em busca de valor e informações úteis para a tomada de decisão. Eles permitem que a decisão seja ainda confiável e, com o uso de métodos matemáticos, reduzem a probabilidade de risco.

Com esses algoritmos, a empresa pode construir perfis completos e aprofundados que ajudarão os locadores na fase de locação e em fases posteriores. Até porque, caso a proposta seja aprovada, o proprietário do imóvel precisará saber exatamente quem o inquilino é para lidar com ele de forma adequada.

Implementando essas dicas citadas, você consegue melhorar o relacionamento entre locadores e locatários, bem como entre os clientes e sua empresa, além de diminuir o risco de problemas no futuro. Assim, sua empresa satisfará às necessidades do público da melhor forma e poderá atrair mais clientes aumentando a receita. Ou seja, é uma maneira efetiva de melhorar a saúde do negócio.

Para saber mais sobre como agilizar a análise de risco do locatário e conseguir resultados precisos, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: