Chat with us, powered by LiveChat

Saiba como ter mais eficiência na gestão comercial imobiliária

Administrar um negócio é uma tarefa que exige muito esforço e cuidado. Principalmente no setor imobiliário, que apresenta suas características e seus próprios desafios. Mas, para facilitar esse trabalho, é interessante conhecer os fatores mais importantes para se preocupar e adotar a tecnologia como um auxílio para a gestão comercial, a fim de otimizá-la e garantir uma melhoria nos resultados. 

No artigo abaixo, apresentamos a você alguns insights para ampliar a eficiência na administração dos seus negócios no mercado de imóveis, melhorando a produtividade e a experiência dos seus clientes, efetivamente crescendo como empresa. Vamos lá? 

Quais os fatores mais relevantes para uma boa gestão comercial?

Gerenciar uma companhia é agir com o propósito de manter os negócios ativos, funcionais e sustentáveis. É saber tomar decisões, planejar o futuro e analisar o que já ocorreu no passado.

Preocupar-se com os mais variados aspectos de uma organização e dedicar-se a sempre melhorar os resultados é dever de qualquer gestor. Assim, uma boa prática comercial deve abranger alguns aspectos relevantes, como veremos a seguir.

Jornada do cliente

Como em toda a empresa, o foco deve ser o cliente. Portanto, uma boa gestão deve se preocupar com a jornada dos consumidores e o caminho que eles percorrem até o fechamento do negócio.

É importante atentar para as etapas de relacionamento da companhia com o público e deixar claro para ele o valor que a corporação tem e como pretende resolver seus problemas. Já a equipe interna precisa saber onde atuar e seus papéis, bem como conhecer os detalhes do processo de venda. 

Nesse sentido, é fundamental otimizar o fluxo de comunicação com os consumidores, com mensagens previamente estudadas e analisadas com o objetivo de aumentar a efetividade das estratégias. Deve ser feito um acompanhamento de perto do público, apontando para as suas principais necessidades.

Gerenciamento da equipe

Da mesma forma, nenhuma organização sobrevive sem bons colaboradores. Portanto, é fundamental manter os funcionários engajados, preparados para suas funções, esclarecendo para eles os resultados. Se têm sido negativos, é necessário trabalhar os aspectos que necessitam de melhorias, se positivos, focar na manutenção do bom trabalho.

Automação 

Outro fator que não pode ser negligenciado é a necessidade e a importância da automação de processos. Um bom gestor deve atentar para o fato de que muitas tarefas repetitivas e burocráticas podem ser delegadas para softwares ou robôs, a fim de obter melhores índices de produtividade e precisão, bem como redução de custos e alocação de funcionários para funções mais estratégicas.

Quais os principais desafios do mercado imobiliário?

No setor de imóveis em específico, existem uma série de desafios e entraves que os gestores precisam enfrentar para conseguir mais eficiência. Um deles é a própria demanda e burocracia que envolvem os processos operacionais — gestão de documentação, visitas, assinaturas e contratos — e outro é a resistência à inovação e preferência por métodos tradicionais, já bem estabelecidos.

É evidente que, nos tempos de transformação digital, um dos principais geradores de vantagem competitiva é a inovação. Entretanto, o mercado imobiliário ainda é marcado por uma certa resistência às tecnologias, que impossibilita alguns avanços nessa área e adoção de novas abordagens. Os métodos tradicionais conferem mais segurança para os líderes porque sempre funcionaram e garantiram mais controle.

Muitos executivos já estão no setor há bastante tempo e se acostumaram com a forma antiga de executar as atividades, por isso, não sentem a necessidade de inovar. No Brasil, por exemplo, a evolução ainda está acontecendo de uma maneira lenta, embora ela exista.

Uma das causas disso é a forma como as administradoras de imóveis são estruturadas e como se relacionam com consultores, sem uma relação fixa, mas eventual, a depender da venda ou aluguel. 

Mesmo com esses desafios, muitas empresas estão se adaptando aos novos hábitos de consumo dos clientes e às necessidades de mais praticidade nos processos. Isso gera destaque para essas companhias, que acabam saindo na frente e forçando as outras a reavaliarem suas estratégias.

Como a tecnologia pode ajudar?

Dentre os problemas da gestão comercial no mercado de imóveis estão: a necessidade de organização financeira, gargalos produtivos, burocracia, tempo, falta de controle de clientes, atendimento, entre outros. Nos próximos tópicos, examinaremos como a tecnologia pode ajudar a solucionar essas questões.

Acompanhamento da jornada do locatário

Devido à adoção de novas metodologias, o gerenciamento dos clientes ganha um conjunto de ferramentas úteis. Com a implantação de um sistema computacional, como um CRM imobiliário, é possível acompanhar o locatário em sua jornada, com o mapeamento do seu comportamento e de suas preferências para construção de perfis que suportem ofertas mais segmentadas.

Dessa forma, o atendimento fica mais rápido e eficiente. A principal consequência disso é o aumento da satisfação do consumidor e a melhoria de sua experiência. 

Gerenciamento de pessoas

Os softwares também atuam na preparação dos funcionários e colaboradores. O gestor conta com análises de performances que permitem a visualização dos resultados da equipe interna. Com o acesso aos indicadores e métricas, é possível analisar o sucesso das estratégias adotadas e das abordagens utilizadas pelos profissionais da companhia.

Agilidade operacional

A automação ajuda a otimizar as operações diárias e a eliminar a burocracia que envolve os processos de negociação. Com o gerenciamento da documentação, assinaturas e de questões legais, o sistema ajuda as empresas a conseguirem mais precisão e menos custos.

A geração e assinatura de contratos é controlada pelo software, bem como o relacionamento entre locadores e locatários, elevando a satisfação de ambos.

O sistema também gerencia os imóveis e os processos de captação/locação, fornecendo o apoio necessário para que eles sejam ágeis e para que proporcionem uma boa experiência para locadores e locatários. Ademais, cuida de questões administrativas, como repasses de pagamentos e encargos.

Suporte à tomada de decisões

Outro dos benefícios da tecnologia no mercado imobiliário é a possibilidade de acessar dados a qualquer momento e conferir o estado da companhia. Com análise de resultados, dos indicadores e métricas, com gráficos e relatórios, a gestão ganha uma visão holística, que abrange todos os fatores relevantes, e toma decisões mais efetivas para solucionar os principais problemas.

Gestão financeira 

O controle financeiro também é fortemente impactado com o uso de sistemas inteligentes no suporte. Com o processamento de informações relevantes, a administração consegue prever receitas, investimentos necessários no futuro e oportunidades que podem demandar atenção. Ademais, a automação cuida dos fluxos de pagamento e cobrança, evitando erros.
 
Existem diversos fatores que merecem atenção do gestor que deseja obter melhores resultados em sua empresa. O cuidado com o cliente é um deles, por exemplo. No setor imobiliário, mesmo com todos os desafios associados, a tecnologia tem sido instrumental para elevar os índices e ajudar as companhias no cumprimento de metas e objetivos.

Se você gostou de aprender mais sobre gestão comercial imobiliária, entre em contato com a SnapSystems e conheça uma poderosa ferramenta tecnológica que vai ajudar a sua organização a alcançar os benefícios citados.

GOSTOU DESTE ARTIGO?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO

Login

Join The Club!

mantenha-se informado sobre tudo que acontece

let's save the world together

%d blogueiros gostam disto: