Chat with us, powered by LiveChat

7 dicas para fazer o controle financeiro de sua administradora de imóveis

Um bom controle financeiro é parte essencial da administração de uma empresa, afinal, gerenciar bem as economias é importante para garantir lucro, o que é o sonho de todo executivo.

Parece até uma tarefa fácil, não é? Mas envolve um conjunto de boas práticas que devem ser observadas. O objetivo é tornar o negócio sustentável e mais organizado.

Para saber mais sobre o assunto e melhorar a sua administração, não deixe de conferir nossas dicas de hoje.

Por que é importante fazer esse controle?

A ideia de um controle financeiro muitas vezes é intuitiva. Na vida pessoal, por exemplo, é comum que as pessoas aconselhem as outras sobre medidas de organização para evitar endividamento.

Em uma empresa, a complexidade é muito maior e envolve diversas pessoas interessadas. Mas esse gerenciamento garante benefícios interessantes que impulsionam o crescimento.

Com boas práticas, é possível reduzir custos e tornar a planilha financeira mais enxuta e fácil de compreender.

Além do mais, isso auxilia a companhia no planejamento de novos passos para o futuro, com a projeção de quanto poderá ser investido, por exemplo.

Outras implicações são o aumento do lucro da organização, com investimentos certeiros, e o cumprimento das metas estipuladas. Com o esclarecimento acerca do que a companhia pode fazer e que táticas pode utilizar, chegar a um resultado definido é mais fácil.

Como fazer o controle financeiro da sua empresa?

Mas como começar esse controle? Veremos algumas dicas a seguir.

1. Registre e acompanhe as operações

Monitorar as atividades e negociações que envolvem os imóveis é interessante. Todas as operações devem ser acompanhadas pelo gestor e compreendidas por ele.

Esse controle serve de base para análise e para a tomada de decisões. Além disso, permite verificar se o planejamento está sendo cumprido.

2. Use a tecnologia

A tecnologia é essencial para garantir organização dos dados relevantes para a análise posterior. Com a automação de processos, a gestão consegue mais agilidade e menos erros. É possível também fazer o controle online, a qualquer momento e em qualquer dispositivo.

Lidar com a complexidade das finanças fica bem mais fácil quando existe um auxiliar que sabe o que fazer, certo? Por isso, a tecnologia é importante.

3. Faça um bom planejamento

Essa dica é fundamental. Um bom planejamento ajuda o gestor a traçar caminhos para alcançar os objetivos da empresa. Isso, evidentemente, abrange os recursos financeiros que serão utilizados.

Da mesma maneira, contribui para a redução de custos desnecessários e para a projeção de receitas e despesas. 

4. Conheça bem o negócio

O bom controle financeiro demanda conhecimento sobre as características do mercado

Afinal, antes mesmo do planejamento, é interessante saber quais as variáveis que interferem nas contas de uma administradora de imóveis e do que ela depende.

5. Faça o controle das contas a pagar e a receber

Outra recomendação é o controle das contas a pagar e a receber. Ou seja, gerenciamento de tudo o que entra e o que sai do caixa da companhia.

Na vida pessoal, é comum as pessoas fazerem isso com planilhas e aplicativos que acompanham as contas e o salário mensal, por exemplo. Na gestão de imóveis, a dica está associada com a organização de custos fixos, variáveis e dos lucros.

Com esse controle, a empresa consegue antecipar faltas de dinheiro, por exemplo, e entender em quais meses o balanço está equilibrado e quais são os mais lucrativos.

6. Controle as cobranças

Manter um rigor acerca das cobranças é interessante também, pois evita situações de inadimplência.

Nesse sentido, a gestão deve conhecer bem os locatários e suas características, a fim de oferecer opções personalizadas de pagamento, por exemplo. A tecnologia também pode ajudar a automatizar esse processo.

7. Faça investimentos inteligentes e corte custos

Por fim, não deixe de priorizar investimentos que realmente tragam bons retornos e de enxugar as contas com a redução de custos desnecessários. Para isso, é importante seguir as dicas anteriores também.

Essas dicas ajudam as empresas a se organizarem financeiramente para alcançar estabilidade e, ao mesmo tempo, realizarem investimentos para adquirir vantagem competitiva. O principal efeito disso é o crescimento na receita.

Gostou dessas nossas dicas sobre controle financeiro? Assine nossa newsletter para ser notificado sempre que outros conteúdos relevantes forem publicados.

GOSTOU DESTE ARTIGO?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

DEIXE UM COMENTÁRIO

Join The Club!

mantenha-se informado sobre tudo que acontece

let's save the world together

%d blogueiros gostam disto: